Visando facilitar a interação da polícia e a população nas denúncias realizadas pelo Disque Denúncia, foi lançado em Rondônia um aplicativo para smartphones que permite à população descrever a denúncia e até a localização exata de ocorrências para ajudar a polícia a solucionar crimes.

sesdecPara realizar uma denúncia é fácil. Basta à população baixar o aplicativo na loja Play Store (para android), em seguida escolher o tipo de crime, como tráfico de drogas, homicídio, estupro, corrupção, crimes ambientais, entre outros; depois mostrar no mapa o local, ou digitar o endereço; descrever o crime.

Por enquanto, o aplicativo pode ser utilizado em smartphones com sistema operacional Android, mas a secretaria espera disponibilizá-lo para iPhone e Windows Phone em breve. As denúncias ainda podem ser feitas pelo telefone 197.

O secretário de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), Antônio Carlos dos Reis, explicou que o aplicativo aproxima á população da polícia na troca de informações.

“Vivemos um momento difícil no cenário da segurança pública nacional e aqui no estado, e temos que buscar outros caminhos para que possamos fazer frente a essa onda de criminalidade. O mais importante é que a população conta com mais uma ferramenta de auxílio à polícia. Não podemos fazer segurança sozinho, é indispensável à participação da sociedade”, disse Reis.

Assim que a denúncia for feita por meio do aplicativo, as informações serão analisadas por uma equipe especializada e armazenadas em um banco de dados, que propiciará pesquisas futuras, de forma rápida e confiável, acelerando as investigações.

Quem fizer a denúncia, lembra o secretário, terá a sua identidade e número mantidos no anonimato da mesma forma que acontece com as denúncias realizadas pelo telefone, através do número 197, não havendo a identificação do aparelho.

O gerente de Estratégia e Inteligência (GEI), Lindomar Beserra da Silva, disse que o aplicativo é totalmente seguro e foi desenvolvido tanto para os profissionais da segurança pública como para a população.

“Todos poderão registrar as informações e dados acerca de crimes e infratores, sendo estas, armazenadas em um único banco de dados, tornando o processo de investigação muito mais rápido, como também, para o cidadão comum, que poderá contribuir com a segurança pública de seu Estado, por meio de denúncias anônimas, de forma sigilosa e de qualquer lugar, utilizando apenas o seu tablet ou smartphone”, explicou lindomar.

SECOM – GOVERNO DE RONDÔNIA