Estão abertas, até o dia 10 de abril, as inscrições do Programa de Apoio a Pesquisas Estratégicas, que seleciona projetos científicos destinados ao desenvolvimento da cadeia produtiva do bambu no Acre. O edital disponibiliza um montante total que chega a R$ 189,6 mil – correspondendo a R$ 31,6 mil para cada um das seis pesquisas escolhidas.

Podem participar da seleção pesquisadores com titulação mínima de mestrado. De acordo com o edital, os projetos podem estar incluídos em 13 temáticas específicas. O edital completo pode se acessado na página da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Acre (Fapac) na internet.

A divulgação do resultado preliminar do processo seletivo vai ser feito no dia 12 de maio, com os três dias úteis subsequentes como período para interposição de recurso. Já o resultado final deve ser revelado até o dia 26 de maio. Os projetos aprovados terão duração de até 12 meses, segundo o edital.

No dia 10 de fevereiro deste ano, a Fapac, a Secretaria de Ciência e Tecnologia e a Fundação de Tecnologia do Acre (Funtac) assinaram a ordem de serviço referente à construção do Centro Vocacional Tecnológico do Bambu (CVT). Serão investidos em torno de R$ 200 mil nas obras. O espaço é destinado à capacitação, qualificação e pesquisa na área.

Em janeiro, o governo do estado aprovou e publicou no Diário Oficial do Estado (DOE) o Plano Estadual de Desenvolvimento do Bambu. O documento foi construído em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e outras instituições.

O plano deve nortear o desenvolvimento tecnológico da cadeia produtiva relacionada à planta em um período de dez anos. Conforme a publicação, o custo previsto para a aplicação das ações é de mais de R$ 27,6 milhões.

Do total do recurso, cerca de R$ 18,7 milhões devem ser investidos para o ramo da pesquisa, pouco mais de R$ 1 milhão para atividades de plantio e outro R$ 7,9 milhões para ações de promoção e capacitação de comunidades.

Fonte: G1