Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) apontaram que o Acre contabilizou 117 focos de queimada apenas durante o sábado (2). Totalizando os dois primeiros dias de setembro, o estado acumula 152 ocorrências.

O estudo é do programa de monitoramento do órgão e foi divulgado neste domingo (3). O levantamento mostrou, no entanto, que os dias 1º e 2 de agosto registraram 1.493 focos – uma redução de 90% nos casos.

O mês de agosto como um todo, segundo o Inpe, teve 1.474 queimadas, um crescimento percentual de mais de 200% em comparação com o mês anterior. Em julho, as 22 cidades acreanas totalizaram 457 focos.

2017

Já no apanhado geral deste ano, entre 1º janeiro ao sábado (2), o instituto afirma que o Acre registrou 2.159 ocorrências. No mesmo período do mês anterior, os casos chegaram a 2.893 – havendo uma diminuição de 25%.

O Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama) disse que, devido à estiagem, já aplicou R$ 2 milhões em multas ambientais. Por sua vez, o Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac) contabiliza mais de R$ 500 mil por causa de irregularidades.

Fonte: G1