Encontro foi realizado em Porto Velho e contou com a presença de várias autoridades.
Por Priciele Venturini, Rede Amazônica — Porto Velho

Audiência na ALE discute modelo alternativo para construção do novo João Paulo II

Uma audiência pública debateu a construção do novo Hospital João Paulo II em Porto Velho. O encontro, realizado no prédio da Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE-RO), aconteceu na tarde de segunda-feira (4).

A ideia é que o novo hospital siga a modalidade de contratação “Built to Suit”, ou seja, uma contratação que permite que obra seja entregue em menos tempo e gere mais economia aos cofres públicos.

Com este novo modelo, o governo também quer reduzir o tempo de entrega da obra em pelo dois anos, o que corresponde a 1/3 do tempo previsto.

Várias entidades participaram da audiência pública na ALE, como o Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO), Ministério Público (MP-RO), Governo de Rondônia, Tribunal de Contas e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

A ideia é seguir os trâmites normais de licitação, contratando a empresa que apresentar a melhor proposta.

A audiência foi proposta pelo deputado estadual Marcelo Cuz (PTB). O secretário de saúde, Fernando Máximo, e o governador Marcos Rocha também estiveram presentes na discussão.

Na audiência foi explicado que a ideia, por enquanto, sequer saiu do papel. Ainda será lançado um pré-projeto básico, com a proposta de ter um hospital de urgência e emergência com 400 leitos.  Fonte/g1.globo.com/ro