Senadores são alvos de operação da Polícia Federal autorizada pelo Supremo Tribunal Federal
Renato Souza HL Hellen Leite(foto: Geraldo Magela/Agência Senado)
Ministro Edson Fachin é relator da Lava-Jato

Os senadores Renan Calheiros (MDB-AL) e Eduardo Braga (MDB-AM) foram intimados pela Polícia Federal (PF) a prestarem esclarecimentos, nesta terça-feira (5/11). Eles estão entre os alvos de mandados que estão sendo cumpridos desde as primeiras horas da manhã.

A PF cumpre mandados de busca e apreensão e o sequestro de bens autorizados pelo ministro Edson Fachin, relator dos casos da Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). Além deles, a operação mira pessoas ligadas a ilegalidades cometidas pelos políticos investigados.

As diligências correm em sigilo. Outro alvo das diligências seria o ministro Vital do Rêgo, do Tribunal de Contas da União (TCU). Em nota, a Polícia Federal informou que não divulgará mais informações sobre ações. “Atendendo às determinações do Ministro Luiz Edson Fachin, que assina as ordens judiciais, a Polícia Federal informa que não realizará qualquer divulgação das ações realizadas desde as primeiras horas da manhã”, diz a nota da corporação. Fontecorreiobraziliense.com.br