O Twitter informou nesta segunda-feira (8) que pagou a seu presidente-executivo, Jack Dorsey, US$ 1,40 (o equivalente a R$ 5,39) em 2018, segundo a agência Reuters.

Dorsey, cofundador e acionista da rede social, recusou toda compensação e benefícios diretos no Twitter em 2015, 2016 e 2017.

Em 2018, ele também abriu mão de todas as compensações e benefícios além do salário de US$ 1,40, afirmou a companhia em comunicado ao mercado norte-americano.

O executivo aparece entre os bilionários listados pela revista “Forbes” com uma fortuna estimada em US$ 5 bilhões. É o número 343 no atual ranking dos mais ricos.

Além do Twitter, Dorsey é diretor-fundador da Square, especializada em pagamentos móveis.

Fonte: G1