Em uma semana ancorado em Cruzeiro do Sul, o navio de assistência hospitalar Doutor Montenegro, já atendeu 2.672 pessoas. Os atendimentos foram iniciados pelos bairros mais afetados pela cheia histórica do rio Juruá, quando o rio chegou a 14,24 metros.

O gerente administrativo da Secretaria de Saúde (Sesacre) na região, Armédio Cameli, diz que os atendimentos estão dentro do esperado.

“Está previsto, para a próxima segunda feira [13], a saída da balsa para subir o Rio Juruá indo até Marechal Thaumaturgo. Antes, vão atender as comunidades de Rodrigues Alves, Nova Cintra, Paraná dos Mouras e tentar chegar até Porto Valter”, diz.

O navio hospital Doutor Montenegro pertencente à flotilha da Marinha do Brasil permanece na região do Juruá até o dia 6 de abril e, neste período, pretende atender ao menos 20 mil pessoas. Essa é a 17ª edição da ação promovida pela Marinha do Brasil. A embarcação conta com uma equipe de 25 tripulantes, sendo 14 oficiais e 11 praças com destaque para médicos, dentistas e enfermeiros. O atendimento é aberto às populações carentes de Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves, Mâncio Lima, Porto Walter e Marechal Thaumaturgo.

Fonte: G1