condenadoUm rapaz de 19 anos acusado de matar a própria namorada com um tiro na cabeça foi condenado a 20 anos de prisão pelo Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO), na última quarta-feira (9). O crime aconteceu no dia 7 de abril deste ano, na casa da vítima, em Ariquemes (RO), na região do Vale do Jamari. Segundo o texto da condenação, o jovem confessou ter cometido o crime.

Depois de ser baleada, a vítima, uma adolescente de 16 anos, foi socorrida ao Hospital Regional do município, mas morreu três horas depois de dar entrada na unidade de saúde. Segundo a investigação, o suspeito era namorado da garota e, durante uma briga, atirou na cabeça dela e depois fugiu. De acordo com o texto da condenação, ele confessou ter cometido o crime.

Na época do homicídio a mãe da jovem contou ao G1 que a filha e o suspeito namoravam há cerca de um ano, mas ela não aprovava o relacionamento. Ela disse ainda para a reportagem que, na manhã do crime, encontrou os dois e percebeu que o rapaz estava nervoso com a adolescente por conta do desaparecimento de um celular.

“Ele falou pra mim que mataria ela se o celular dele não aparecesse. Pedi pra ele se acalmar e fui trabalhar. Pouco tempo depois retornei, e já vieram me avisar que ele tinha atirado nela. Agora, eu quero que a justiça seja feita, porque nada mais vai trazer minha filha de volta”, desabafou a mulher no dia do crime.

Para o júri do TJ, o crime foi premeditado e cuidadosamente planejado. A condenação inclui 20 anos de prisão, conforme sentença proferida pela 1ª Vara Criminal de Ariquemes. O rapaz estava preso desde o dia 9 de maio de 2016, na Casa de Detenção do município, onde cumpria pena de 50 anos por outros crimes, como roubo, assaltos e latrocínio.

FONTE: G1/RO