O número de indenizações por morte em acidentes de trânsito no Amazonas aumentou 29,41% em janeiro de 2018. O aumento foi apontado pela Seguradora Líder responsável pela administração do Seguro DPVAT em todo o país.

Em janeiro de 2018 foram pagas 44 indenizações por morte no trânsito, enquanto 34 indenizações foram efetuadas no primeiro mês do ano passado. Os pagamentos para famílias de beneficiários foram efetuados por meio do Seguro DPVAT, que cobre danos pessoais causados por veículos automotores de via terrestre. O Amazonas teve o quarto maior número de indenizações por morte dentre os sete estados da Região Norte e representou 13,33% do total de 330 seguros quitados.

Invalidez permanente

Ao todo, 415 indenizações por invalidez permanente foram pagas no estado de janeiro de 2018. Enquanto no mesmo período no ano passado foram repassados os pagamentos para 249 beneficiários. Um aumento de 66,67% entre os períodos.

O Amazonas registrou o terceiro maior número de indenizações de condutores de veículos dessa modalidade do Seguro DPVAT no Norte do Brasil. Pará e Rondônia tiveram maiores volumes de pagamentos. Das 2.725 indenizações por invalidez permanente da região, 15,23% foram pagas para condutores do Amazonas.

Em Janeiro de 2018, seguindo a mesma tendência dos anos anteriores, a motocicleta representou a maior parte das indenizações, apesar de representar apenas 27% da frota nacional.

O seguro garante para as vítimas a possibilidade de recomeçarem, depois do trauma de um acidente de trânsito e pagamento de despesas de vítimas fatais.

No site da seguradora estão disponíveis para o cidadão diversas informações sobre como ter acesso ao Seguro DPVAT.

Fonte: G1