Ao chegarem para mais um dia de trabalho, vendedores da Feira Popular de Macapá foram surpreendidos com um alagamento que atingiu a Avenida Antônio Coelho de Carvalho, no centro da capital. O problema teria ocorrido após a forte chuva que ocorreu na madrugada desta terça-feira (20).

De acordo com os feirantes, o problema é recorrente por causa da falta de escoamento na rede de esgoto da região que fica no centro comercial. Os trabalhadores dizem que perdem mercadorias a cada novo alagamento.

A Secretaria Municipal de Obras (Semob) informou que vai fazer levantamento da área atingida. A Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa) reforçou que deve enviar equipes para verificar a situação do local para evitar novas ocorrências e também reforçou que realiza uma programação de manutenção em esgotos da capital.

Para a vendedora Patrícia Espíndola, de 28 anos, o descaso gera prejuízos para os trabalhadores. Ela conta que trabalha com a mãe e a avó, e que o espaço conta com vários feirantes idosos, que sofrem com o alagamento.

“Toda vez que chove alaga a feira. Como nós temos depósitos de produtos na parte de trás, a água invade e danifica diversos produtos. O bueiro entope e os boxes ficam todos em meio ao alagamento. A gente acaba trabalhando dentro da água mesmo, não podemos fazer nada”, destacou.

Fonte: G1