Câmara aprova urgência para projeto que altera regras do auxílio-doença

img2016112221811760916med

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (22), por 300 votos a 16, o regime de urgência para o Projeto de Lei 6427/16, do Poder Executivo, que aumenta as carências para concessão do auxílio-doença, da aposentadoria por invalidez e do salário-maternidade no caso de o segurado perder essa condição junto ao Regime Geral da Previdência Social (RGPS). A proposta será analisada nesta quarta-feira (23).

O texto também cria um bônus para os médicos peritos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) com o objetivo de diminuir o número de auxílios concedidos há mais de dois anos sem a revisão legal prevista para esse prazo.

Esse projeto substitui a Medida Provisória 739/16, que perdeu a vigência no início do mês sem ser votada.