Diretora de escola vencedora de prêmio representa MT em intercâmbio nos EUA

escolaA diretora da Escola Estadual Odorico Leocádio da Rosa, de Rondonópolis, Cilene Moreira Santos, viajou nesta terça-feira para Brasília (DF) onde cumpre agenda juntamente com outros gestores de escolas de todo o Brasil vencedores do Prêmio Gestão Escolar 2015/2016. Os diretores permanecem na capital federal até o próximo sábado (11.11), quando embarcam para um intercâmbio nos Estados Unidos para conhecer experiências locais de gestão nas unidades de ensino.

Promovido pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), a iniciativa premiou 27 diretores, sendo um de cada estado e do Distrito Federal.

Cilene, que assumiu a direção da unidade escolar em janeiro deste ano, se diz honrada em representar Mato Grosso. “Receber esse prêmio é colher os frutos do trabalho que vem sendo realizado por toda a equipe. Sabemos que alcançá-lo exigiu envolvimento de todos no processo, bem como a certeza de que vale apena fazer uma educação de qualidade, não só pelo prêmio em si, mas pelos bons resultados que a escola consegue apresentar”, afirma a diretora.

A EE Odorico Leocádio da Rosa foi a representante da região Centro-Oeste e ficou entre as cinco melhores do país – se destacando pelo trabalho em equipe, comprometimento dos profissionais, parceria com os pais e responsáveis, além de diversidades de projetos pedagógicos, entre eles esportivos e musicais para o público escolar. “O ponto forte é o foco na aprendizagem. Para isso desenvolvemos um trabalho em conjunto com equipe gestora, pais, professores e demais pessoas envolvidas, direta ou indiretamente com a educação dos nossos alunos. Acreditamos que os estudantes são da escola e não de determinado professor. Com isso, todos se preocupam com a aprendizagem, não só dos alunos, mas também daqueles que ensinam”.

De acordo com ela, a gestão da escola valoriza os resultados externos e, a partir deles, juntamente com os resultados internos, promove avaliação e replanejamento das ações. “Ao participar do prêmio, a comunidade escolar disseminou o trabalho e as experiências vivenciadas, tendo resultados de gestão e aprendizagem positivas”, finaliza.

Agenda em Brasília—-

Nesta terça-feira, das 21h às 23h, o grupo acompanha a apuração das Eleições Americanas na Casa Thomas Jefferson – um Centro Binacional, sem fins lucrativos, fundado em 1963, com o objetivo de promover o intercâmbio cultural entre o Brasil e os Estados Unidos.

Na quarta-feira, os gestores participam de reunião preparatória para o intercâmbio, com a presença da secretária de Estado da Educação de Rondônia e vice-presidente do Consed, Fátima Gavioli, e da Adida Cultural da Embaixada dos EUA, Megan Ellis.

Na quinta, visitam as escolas premiadas no Distrito Federal: Centro de Ensino Fundamental Polivalente e Centro de Ensino Fundamental 08 de Taguatinga.

No período da tarde eles assistem a palestras sobre inovações na educação: Movimento Maker na educação (modelo inovador de educação que estimula o aprendizado por meio do fazer) e Programa GLOBE, uma parceria entre a Agência Espacial Americana (NASA) e a Agência Espacial Brasileira (AEB) – que visa promover o ensino prático e a aprendizagem da ciência, melhorar a educação ambiental e estimular a descoberta científica.

Na sexta-feira, das 9h às 12h, acompanham a Olimpíada do Conhecimento. À tarde, conhecem os principais pontos turísticos de Brasília. O embarque para os EUA está marcado para o sábado, às 18h.

Programação nos Estados Unidos

Nos três primeiros dias em terras americanas o grupo se hospeda em Washington, onde participam de um seminário internacional da educação. Os diretores também conhecerão modelos de educação do país e unidades escolares.

Em seguida o grupo será subdivido e partirão para um estado anfitrião.

O prêmio

O Prêmio Gestão Escolar faz parte do Educadores do Brasil, uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC), do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), em parceria com instituições privadas e do terceiro setor.

O Educadores unificou ainda o prêmio Professores do Brasil. O primeiro estimula e reconhece, desde 1999, boas práticas de gestão nas escolas públicas de educação básica. O segundo, instituído em 2005, premia o professor que se destaca.

Cerca de 34 mil escolas já participaram do prêmio Gestão Escolar desde a primeira edição, em 1999. São avaliadas as gestões pedagógica, participativa e de infraestrutura. Em 2014, o prêmio passou a ser bianual. Nos anos ímpares, há a seleção e premiação. Nos pares, os gestores inscritos no ano anterior recebem treinamento.

FonteViviane Saggin | Educação