Mulher é morta pelo ex-marido após postar foto com namorado, diz amigo

mariaA vendedora Maria Juraci Bernardino, de 37 anos, foi assassinada na noite desta segunda-feira (7), em Peixoto de Azevedo, a 692 km de Cuiabá. O autor do crime, segundo a Polícia Civil, é o ex-marido dela, que fugiu depois de matá-la. Eles tinham quatro filhos e estavam separados havia cerca de cinco anos, conforme um amigo da vítima.

Ediney Menezes, amigo da vendedora, afirmou que o ex-marido se revoltou ao ver que Maria tinha postado uma foto no Facebook com um novo namorado.

Maria Juraci estava morando na casa de uma amiga há aproximadamente três meses, segundo Ediney.

O ex-marido entrou nessa residência, que fica no Bairro Nova Esperança, por volta de 22h, e deu duas facadas no peito e outra na perna dela. “Ela ainda conseguiu pedir socorro e foi até o Pronto-Socorro Municipal, onde morreu”, afirmou Ediney.

Mais cedo, na tarde de segunda-feira, o suspeito José Floriano da Silva tinha ido até a casa onde a ex-mulher estava morando e levado a filha deles, de seis anos. Mais tarde, ele retornou e cometeu o crime. A polícia informou que a amiga de Maria presenciou a cena.

O suspeito do crime trabalhava como segurança em um posto de combustível naquela cidade. “Ele era muito tranquilo, trabalhador dedicado. Ele trabalhava à noite e durante o dia ficava com os filhos deles para que a Maria trabalhasse”, comentou Ediney.

O corpo de Maria Juraci foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade vizinha, Guarantã do Norte, a 721 km de Cuiabá, já que em Peixoto de Azevedo não tem unidade do IML. O corpo deve ser velado na igreja católica da cidade onde morava. A família da vítima mora no Nordeste.

A Polícia Civil informou que irá investigar o caso e ouvir as testemunhas do homicídio.

Levantamento
O Atlas da Violência 2016, divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), apontou que, de 2004 a 2014, 998 mulheres morreram vítimas da violência. A taxa de homicídios de mulheres é acima da média nacional. Enquanto a média nacional é de 4,6 para cada 100 mil habitantes, no estado é de 7,0.

Fonte: G1