RSC e Cuiabá terminam no empate e decisão fica para volta da Copa Verde

rsc cbaA tarde nublada e quente de Porto Velho ditou o ritmo do jogo realizado neste domingo, 5, no Aluizão. Rondoniense e Cuiabá se enfrentaram pela primeira partida da Copa Verde e, apesar das chances criadas, o placar permaneceu inalterado. A decisão da etapa fica para o jogo de volta, realizado no dia 19 de março no Mato Grosso.

Com a decisão anunciada apenas na sexta-feira antes da partida de que os portões seriam abertos, a torcida foi escassa e ficou reunida em uma das áreas da arquibancada do estádio. O árbitro acreano Carlos Paiva ficou com o comando do apito, auxiliado por Jean Carlos e Márcio Cristino.

O jogo

Rondoniense e Cuiabá iniciaram o primeiro tempo com técnica parecida, ambos tentando descobrir a forma de jogo do adversário. O dono da casa tentando forçar o ataque, com alguns erros de passes, fortalecia o adversário nos contra-ataques, mas os três cartões amarelos aplicados para Dhonatan e Alesson, do RSC, e Douglas do Cuiabá desaceleraram a partida.

Nos minutos finais da primeira etapa ambas as equipes partiram para o ataque e construíram boas chances de gols, enquanto Fernandinho, que era a arma do Periquito para a volta do intervalo, teve que ser usado ainda no primeiro tempo pois o zagueiro Dhonatan reclamando de dores teve que ser substituído.

Sem alterações no intervalo, os times voltaram para o campo decididos a tirar o atraso e garantir a vantagem para a segunda partida. No entanto, por erros na finalização e boas defesas dos goleiros Douglas e Henal, o placar permaneceu intacto. Nos lances iniciais Renilson levou cartão amarelo. Câimbras e machucados deixaram a partida mais lenta.

Para dar novo ritmo ao jogo, o técnico do Dourado trocou Fernando por Jubá, Tiarinha por Jeffinho e Robinho, como arma final, no lugar de Alex Sandro. O Periquito também tentou usar a carta na manga, o atacante Tanaka, nos últimos instantes, mas não surtiu resultado.

Fonte: GE