Amazonas Filarmônica faz ‘viagem’ pela música do Brasil e Alemanha

A Amazonas Filarmônica faz uma viagem sonora entre dois países em apresentação nesta quinta-feira (5). O Brasil do século 20 e a Alemanha do século 19 será o destino da orquestra em concerto da Série Guaraná XIV. O espetáculo inicia a partir das 20h, com ingressos à venda na bilheteria do Teatro Amazonas.

Sob a condução do maestro Luiz Fernando Malheiro, diretor artístico e regente titular da orquestra, a Filarmônica interpreta três obras consagradas no mundo inteiro: a Sinfonia No. 5 em Dó Menor, do alemão Ludwig van Beethoven; Canto de Amor e Paz e Ponteio, do amazonense Claudio Santoro, que dá nome ao Teatro Nacional de Brasília (DF).

Obras

Canto de Amor e Paz foi composta em 1951, enquanto Claudio Santoro trabalhava na Rádio Tupi. Estreou no mesmo ano com a Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB), sob regência de Eleazar de Carvalho. A música recebeu do Conselho Mundial da Paz, em Viena, o Prêmio da Paz do ano de 1952. No mesmo ano, também é executada em Salzburgo, na Áustria, e nos Festivais de Maio em Praga, na antiga Tchecoslováquia.

Fonte: G1