Assaltos voltam a assustar frequentadores do Parque dos Bilhares em Manaus

Assaltos voltam a assustar frequentadores do Parque dos Bilhares, localizado entre as avenidas Djalma Batista e Constantino Nery, na Zona Centro-Sul de Manaus. Um dos crimes ocorreu no fim de semana. Uma equipe de reportagem foi vítima.

Um cinegrafista, de 36 anos, e uma jornalista, 23, foram abordados por quatro homens armados com facas. Os suspeitos levaram celulares, bolsas e materiais de trabalho.

O Ponte dos Bilhares recebe em média 2 mil pessoas nos finais de semana. Quem frequenta a área confirma que assaltos são frequentes. O desempregado José Antônio diz que até arrastões acontecem no local.

Dona de casa Socorro Noronha se sente insegura e prefere fazer atividade física um pouco mais tarde com medo de assaltos.

A mata ao redor do Parque dos Bilhares facilita a fuga de bandidos, de acordo com os relatos. Muros baixos e cercas danificadas também contribuem para a ocorrência de assaltos.

A 22ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), responsável pela área, afirma que tem feito rondas com motocicletas. A ideia agora é implantar ciclopatrulhamento nos bilhares, segundo o capitão Saif, da PM.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) afirmou que já tomou medidas de reforço da segurança no logradouro, mas grupos de malfeitores continuam adentrando o parque pela parte de trás.

Como providências, a Diretoria de Parques do órgão informou que dará início às tratativas para as obras de ampliação do muro da unidade e solicitará oficialmente o reforço da presença policial por meio de rondas diárias sobretudo nos horários de maior movimentação de frequentadores.

Fonte: G1