No AC, motoristas da Uber paralisam por 24h contra alto preço da gasolina e falta de promoções no app

Os usuários do aplicativo Uber em Rio Branco ficaram sem o serviço durante esta segunda-feira (20). Isso porque os motoristas da plataforma virtual fizeram uma paralisação de 24 horas em protesto ao valor da gasolina no Acre e a falta de promoções no aplicativo a eles.

A suspensão das atividades encerra ainda nesta segunda e a oferta do serviço vai ser restabelecida na terça-feira (21).

Giuseppe Luigi Camardelli, de 34 anos, um dos organizadores do movimento, os motoristas da Uber vão passar 24 horas offline da plataforma. Ele conta que a paralisação foi organizada por meio de um grupo no WhatsApp, onde quase todos os motoristas estão inclusos.

Ele conta ainda que cerca de 400 motoristas do aplicativo participam da paralisação. Camardelli fala que a falta de promoções aos motoristas não interfere de forma significativa no trabalho. Porém, ele lembra que as elas são importantes por dar um incentivo a mais.

“O preço da gasolina diminui [o lucro dos motoristas da Uber]. Está todo mundo se queixando desse valor abusivo do combustível [no Acre]”, observa.

O motorista diz que acha pouco provável que a paralisação diminua o valor da gasolina nos postos de Rio Branco. Entretanto, ele acredita que a suspensão do serviço surta algum efeito com a Uber em relação a falta de promoções aos motoristas.

De acordo com ele, a dinâmica da Uber [uma taxa acima do valor normal que é calculada com base no preço da corrida] varia de 2.0 a, no máximo, 3.0.

“Hoje, com a nossa paralisação, ela [a dinâmica] chegou até 8.0. Isso foi resultado do nosso movimento. Não tinha carro e a demanda foi muito alta. Daí, eles aumentaram a dinâmica para atrair mais motoristas. Mas, devido à paralisação, ficou todo mundo em casa”, finaliza Camardelli.

Fonte: G1