Bombeiros divulgam lista de sorteados para vagas no colégio militar Dom Pedro II

O Corpo de Bombeiros divulgou, nesta quinta-feira (4), a lista dos sorteados para as vagas no colégio militar Dom Pedro II, no Residencial Rosalinda em Rio Branco.

Ao todo, quase 4 mil pessoas se inscreveram para concorrer a uma das 560 vagas. Documento contém nome do aluno, número da inscrição e turno no qual ele vai estudar. Confira a lista.

O sorteio ocorreu na terça (2), no Comando Geral da PM. Os estudantes que estão com os nomes na lista devem fazer a matrícula entre os dias 15 e 18 de janeiro no Centro de Referência de Inovações Educacionais (Crie), ao lado da prefeitura de Rio Branco.

A previsão é de que as aulas iniciem em março, assim como toda a rede pública de ensino. Ao todo, dois colégios do 6º ao 9º ano do ensino fundamental vão ser implantados na capital acreana.

O Colégio Tiradentes, no bairro Calafate, que vai ser coordenado pela PM e o Dom Pedro II, no Residencial Rosalinda, que vai ser gerido pelo Corpo de Bombeiros Militar do Acre.

A Polícia Militar também divulgou a lista dos sorteados nesta quarta (4).

O presidente da comissão de seleção dos alunos, tenente-coronel James Clei de Carvalho, explicou que das vagas, 560 são para o Colégio Tiradentes e as outras 560 para o Dom Pedro II.

“Cada sala tem capacidade para atender 35 alunos, ou seja, serão 140 alunos somando os dois turnos em cada série. É importante ressaltar que no ano que vem, quando os alunos do 9º ano se formarem, nós abriremos o 1º ano do ensino médio”, afirmou Carvalho.

Das vagas, 50% são destinadas a dependentes de militares e outros 50% para a comunidade em geral.

A PM-AC fez uma parceria com a Secretaria de Educação do Acre (SEE-AC), através de um termo de operação técnica. Assim, os professores vão ser disponibilizados pela Educação. No entanto, a gestão, administração e rotina disciplinar dos colégios vai ser feita pelos militares.

A grade curricular também inclui aulas artísticas como balé, teatro e música, além de atividades esportivas. Essas aulas devem ser feitas no contraturno dos alunos.

Fonte: G1