Mais quatro escolas de tempo integral devem ser implantadas este ano no Acre e atender 2,5 mil alunos, garante Educação

A Secretaria de Educação e Esporte do Acre (SEE-AC) vai implantar mais quatro escolas públicas do estado com o ensino em tempo integral este ano.

Dessas, apenas uma está em Rio Branco, as outras ficam nas cidades de Brasileia, Cruzeiro do Sul e Tarauacá. Com isso, 2,5 mil alunos vão passar para a nova modalidade de ensino no estado.

Em Rio Branco a escola Raimunda Silva Pará, no bairro Cidade do Povo, passa a funcionar no novo sistema. Já em Cruzeiro do Sul, a escola Craveiro Costa adere a nova modalidade de ensino.

Em Brasileia a unidade de ensino Kairala José Kairala passa a receber os alunos durante todo o dia. Em Tarauacá, a escola Djalma Batista também entra para o ensino integral.

Marco Brandão, secretário de Educação e Esporte, afirma que esses estabelecimentos de ensino estão passando por reforma e ampliação para adequar as estruturas a forma de ensino. A previsão, segundo ele, é de que as aulas nesses locais iniciem até o dia 20 de março, data para que o processo de formação de professores e reformas sejam encerrados.

“Junto com as escolas em tempo integral implantadas no ano passado, temos um investimento total de R$ 28 milhões. Disso, 1/3 são provenientes do Ministério da Educação [MEC] e o restante é do Estado. Já estamos no processo de formação e reforma. A única escola que a reforma ainda não começou é a Raimunda Silva Pará. Todas elas vão ser climatizadas”, garante Brandão.

O secretário explica que somente essas quatro escolas passam a ser em tempo integral este ano e lembra que as escolas militares da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros vão reforçar a oferta de ensino.

Além disso, ele recorda que o Instituto Dom Moacir (IDM) em parceria com a SEE oferta cursos profissionalizantes integrados para os alunos que não estudam em tempo integral.

Fonte: G1