Profissões e tecnologias da ‘indústria 4.0’ são apresentadas ao mercado do AP

O avanço da indústria 4.0 e o surgimento de profissões e tecnologias serão apresentadas ao mercado empresarial e educacional do Amapá durante o evento “Desvendar 4.0”, que será realizado na quarta-feira (12), em Macapá. Interessados no assunto podem se inscrever pela internet gratuitamente.

Em julho, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) divulgou um estudo que cita a criação de 30 novas profissões em oito áreas nos próximos anos, principalmente para as áreas de automotivo, alimentos, máquinas e ferramentas, comunicação e construção civil.

A indústria 4.0 – ou quarta revolução industrial – marca a integração do mundo físico e virtual e abrange as áreas da internet das coisas, big data e inteligência artificial. E é para tratar sobre o modo como isso impacta nos negócios e também sobre as perspectivas profissionais que se abrem que três especialistas vão ministrar palestras no evento.

O evento é direcionado a empresários, trabalhadores e estudantes. A ideia é desmistificar os conceitos desse novo momento tecnológico e mostrar as possibilidades a partir do uso da tecnologia.

“Vamos mostrar as tecnologias que já existentes, que são acessíveis a todas as empresas, porque são de baixo custo, tanto para uma de pequeno, médio ou grande porte. São muitas profissões que estão aparecendo, que em cerca de 10 anos estarão popularizadas já no mercado, como por exemplo o analista de bigdate, que analisa um grande fluxo de dados, e a segurança da informação, que já é muito requisitada”, falou Renan Barbosa, especialista em Redes.

Serviço

“Desvendar 4.0”
Dia: 12 de setembro (quarta-feira)
Local: auditório da Casa da Indústria (Av. Padre Júlio Maria Lombaerd, nº 2000, bairro Santa Rita)
Hora: a partir das 19h
Faça aqui sua inscrição no evento

Programação

  • 19h – Palestra “Inspirar e Transformar”, com Joseph Douglas da Rocha (Senai Amapá)
  • 20h – Palestra “Desvendar 4.0”, com Renan Barbosa (Senai Amapá)
  • 21h – Palestra “Potencialidades regionais da Revolução 4.0”, com Daniel Chagas (Unifap)