Operação de combate à exploração ilegal de madeira cumpre três mandados no AP

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quarta-feira (6), a operação “Traquinagem”, em Macapá. O objetivo é combater uma organização criminosa especializada em extração ilegal de madeira na capital. Três mandados de busca e apreensão foram cumpridos.

De acordo com a PF, a organização é formada por empresários do ramo de serraria e agentes públicos, que criaram um esquema de emissão do Documento de Origem Florestal (DOF) fraudado.

A documentação falsa permitia a criação de créditos madeireiros para a exploração de madeira de origem ilegal.

As investigações conduzidas pela PF aconteceram em parceria com o Ministério Público Federal (MPF). A PF não detalhou em quais bairros cumpriu os mandados e nem de qual órgão os agentes fazem parte.

Os acusados de participação no esquema poderão responder pelos crimes de falsidade ideológica, organização criminosa, corrupção ativa, lavagem de dinheiro, advocacia administrativa e desmatamento ilegal, detalhou a PF.

Foto: PF
Fonte: G1