O aplicativo de transporte particular Uber começa a operar em Boa Vista à partir das 14h desta quarta-feira (21), informou o gerente de comunicação da empresa, Pedro Prochno.

De acordo com a empresa, o modelo que vai operar em Boa Vista será o Uber X, uma opção que dispõe de carros compactos, com quatro portas, ar-condicionado e com menos de nove anos de fabricação.

A tarifa cobrada, conforme explicou Prochno, será feita por meio da composição dos valores: preço inicial de R$ 1,50, acrescida de R$ 1,06 por quilômetro rodado e mais R$ 0,10 por minuto. O valor mínimo da corrida e da taxa de cancelamento será de R$ 5.

Para chamar um veículo o usuário deverá baixar o aplicativo Uber no celular e criar uma conta. A partir daí basta indicar no mapa o destino e escolher o motorista. Ao chamar o carro, o usuário consegue ver o valor da corrida, modelo e placa do veículo, além da foto do motorista.

Inicialmente os pagamentos das viagens poderão ser feitos pelo próprio aplicativo nas opções cartões de crédito ou débito.

“Quando a pessoa solicitar um carro, o aplicativo já indica o valor estimando daquela viagem até o destino que ela inseriu”, garantiu Prochno.

O gerente não informou quantos carros irão operar na capital devido ao número de motoristas parceiros oscilar bastante durante o dia.

“Os motoristas são parceiros da Uber, ou seja, eles são completamente livres para dirigir quando eles quiserem, aonde eles quiserem, durante o tempo que precisarem, o dia e hora que eles quiserem. Então, como varia o número de pessoas que precisam de um carro durante o dia, o número de motoristas parceiros também oscila”, disse.

Segurança

Pedro Prochno explicou ainda que a empresa trabalha com plataformas que garantam a segurança antes, durante e após cada viagem. De acordo com o gerente da Uber, todo trajeto é acompanhado por GPS, todos os motoristas são habilitados e passam por investigação criminal antes de ingressar no aplicativo.

“Pelo próprio aplicativo, tanto os motoristas parceiros como os usuários têm suporte 24h por dia, sete dias por semana para qualquer assunto que precisar de ajuda. A parte mais importante é que, ao final de cada viagem, os usuários dão uma nota de um a cinco estrelas para os motoristas e os motoristas também classificam os usuários”, detalhou Prochno.

Fonte: G1