Uma carga de madeira irregular de 700 metros cúbicos foi apreendida no município de Curralinho, no Marajó, transportada em balsa. A embarcação foi interceptada nesta quinta-feira (22), por uma equipe da Secretaria da Fazenda (Sefa), que constatou que a mercadoria estava viajando sem nota fiscal e sem guia florestal.

Durante a fiscalização ficou constatado que a carga viajava sem o recolhimento de imposto estadual, e sem a emissão de documento de controle ambiental.

De acordo com o coordenador de mercadorias em trânsito da Sefa em Belém, Amadeu Fadul, a embarcação ficou retida próximo ao município e a mercadoria será entregue para a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), que vai ficar como fiel depositória.

Também foi lavrado um Termo de Apreensão e Depósito (TAD) no valor de R$44,4 mil, referente ao ICMS mais multa pelo transporte de mercadoria sem nota fiscal.

Fonte: G1