Buscando popularizar a cena teatral do Amapá, inicia na segunda-feira (25) a 2ª edição da Semana Estadual de Teatro. A programação segue até sexta-feira (29) com capacitações e 15 espetáculos ao público com preço de R$ 2 o ingresso.

Neste ano, a organização tem o objetivo de levar a arte cênica para regiões periféricas de Macapá, por isso, o Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU das Artes), no bairro Infraero 2, na Zona Norte; e o habitacional Jardim Açucena, na Zona Sul, são os espaços onde vão ocorrer os espetáculos.

Jhou Santos, ator e um dos coordenadores da Semana, destaca que descentralizar os pontos de apresentações e cobrar valores inferiores a R$ 10 são formas de atrair o público macapaense, pouco acostumado a ver peças teatrais. Santos considera esse o maior desafio do segmento.

“Um dos nossos maiores dilemas é a falta de público para apresentações de teatro em Macapá. A partir dessa consciência, pensamos em atitudes que ajudem a solucionar esse problema. Por isso, o ingresso com valor popular”, detalhou Santos.

As capacitações, que vão acontecer na Biblioteca Pública Elcy Lacerda, no Centro da capital, irão debater assuntos técnicos com professores do ramo. As inscrições ocorrem no local de forma gratuita.

Ao todo, 15 grupos teatrais terão a oportunidade mostrar parte do que é produzido por artistas locais. Os temas das apresentações vão desde lendas amazônicas, até peças experimentais, que tem como alvo um público mais adulto.

A organização da Semana é feita pelo Coletivo de Artistas, Produtores e Técnicos de Teatro do Amapá (Captta).

Programação Semana Estadual de Teatro

25 de março (segunda-feira)
Local: Biblioteca Pública Elcy Lacerda

  • 14h – Palestra: Reflexões iniciais sobre a presença do artista trans na cena teatral
    Facilitador: Marcos Sales
  • 16h – Palestra: O estudo do espetáculo para a compreensão do conceito a ser definido para o visagismo e maquiagem
    Facilitadora: Arnanda Oliveira
  • Apresentação de abertura ou intervalo: “Um Batuque Para Macapá” – Companhia Super Nova

26 de março (terça-feira)
Local: CEU das Artes

  • 10h – “Curupira: um ser inesquecível” – Movimento Cultural Desclassificáveis
  • 16h – “As reprises nossa de cada dia” – Palhaça Perualda / Cia Cangapé
  • 19h – Processos/experimentos cênicos do curso de licenciatura em teatro da UNIFAP

Ações Formativas
Local: Biblioteca Pública Elcy Lacerda

  • 9h às 12h – Palestra: “Arte, Escola e Redes Sociais: levantes Poéticos”
    Facilitador: Flávio Gonçalves
  • 15h às 18h – Palestra: “Viewpoínts como procedimento de Criação para o Artista da Cena”
    Facilitadora: Adriana Moreira

27 de março (quarta-feira)
Local: CÉU das Artes

  • 10h – O Sumiço de Peteleco” – Companhia Mania de Brincar
  • 16h – “Pintando o 7” – Trupe do Pato e “Reprises de um Palhaço” – Palhaço Espeto / JC Barbosa.
  • 19h – “Jornada Bufa” – Cortejo produções Artísticas / Frêmito Teatro

Ações Formativas
Local: Biblioteca Pública Elcy Lacerda

  • 9h às 12h – “Arte, Escola e Redes Sociais: levantes Poéticos”
    Facilitador: Flávio Gonçalves
  • 15h às 18h – “Viewpoínts como procedimento de Criação para o Artista da Cena”
    Facilitadora: Adriana Moreira

28 de março (quinta-feira)
Local: habitacional Jardim Açucena
Apresentações Teatrais e Contação de Histórias

18h às 21h

  • Contações de Histórias com Lu Oliveira
  • “Feliz Cidade” – Companhia Viva de Teatro
  • “Coração de Paiaço” – Companhia Trecos InMundos
  • “Palhaço Mutuca”- Casa Circo

29 de março (sexta-feira)
Local: Assembleia Legislativa

  • 10h – Solenidade em Homenagem aos Trabalhadores e Trabalhadoras da Arte Teatral
Foto: Captta/Divulgação
Fonte: G1