As grávidas, puérperas (mães no pós-parto até 45 dias), e crianças, a partir de seis meses a menores de seis anos, terão mais uma semana para buscarem proteção contra a gripe. É que a Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), vai continuar vacinando até o dia 10 de julho o grupo previsto na terceira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe.

Foto: Frank Néry

A imunização estará disponível em todas as unidades de saúde até a data prevista ou enquanto durar o estoque de doses, das 8h às 18h. A Semusa convoca especialmente os pais e responsáveis para que levem as crianças dentro da idade estabelecida, para serem vacinadas. Os índices de imunização deste público, juntamente com gestantes e puérperas, ainda estão abaixo dos 40%.

“A vacina protege contra as complicações da gripe. E neste momento, com a possibilidade de mais um surto de uma nova gripe, é muito importante que as pessoas dos grupos vulneráveis busquem a imunização, principalmente as crianças”, alerta Elizeth Gomes, gerente de Imunização da Semusa.

Segundo a Divisão de Epidemiologia da Semusa, até o dia 12 de junho, haviam sido analisadas 205 amostras de pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), destas 46 (23%) foram positivas para diversos vírus, inclusive H1N1 e Influenza B, com uma morte registrada.

Segundo a secretária adjunta Marilene Penati, que é médica pediatra, a vacina contra a gripe é segura, eficaz e ajuda a evitar doenças respiratórias causadas por gripes e resfriados, mais frequentes nessa época devido ao tempo seco, poeira e fumaça.

“As crianças sempre sofrem neste período com as ações do tempo e muitas são levadas à internação. Além do mais, não queremos nossas crianças dentro de unidades hospitalares sendo expostas ao coronavírus e a vacina ajuda a prevenir esses transtornos. O mesmo alerta serve para as grávidas e mamães recentes”, avisa Penati.

Outros públicos

Após o dia 10 de julho, caso ainda tenha vacina no estoque, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe será estendida ao público em geral, conforme orientação do Ministério da Saúde. No entanto, a Semusa alerta que a campanha estará fechada para os demais públicos beneficiados nas etapas anteriores. A medida busca proteger os mais fragilizados do risco de contaminação pelo coronavírus.

“Esta é a última chamada para a imunização de grávidas, puérperas e crianças. É necessário que haja uma conscientização de que a vacina previne doenças decorrentes da gripe. Estamos ultrapassando um momento complicado, com o surgimento de novas doenças, e uma medida tão simples que é vacina tem um grande poder de salvar vidas. Proteja o seu filho”, conclama a médica pediatra Marilene Penati.

 

 

 

 

 

Fonte: Comunicação – Prefeitura de Porto Velho