Serão aplicadas nesta terça (12) e quarta-feira (13) em todo o país as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para pessoas privadas de liberdade.

Em Roraima, 107 detentos devem fazer a avaliação, segundo informou a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) ao G1 nesta segunda (11). Atualmente cerca de 2.280 pessoas compõem a população carcerária do estado.

O exame será realizado em seis unidades prisionais do estado. São elas: Penitenciária Agrícola do Monte Cristo, Cadeia Pública de Boa Vista, Centro de Progressão Penitenciária, Cadeia Feminina, Comando de Policiamento da Capital e Cadeia Pública de São Luiz.

Os dois dias da avaliação contarão com o reforço do policiamento de agentes penitenciários, policiais militares, professores e técnicos que devem aplicar as provas.

A Sejuc informou ainda que presos de todos os regimes participam do Enem e a partir deste ano eles terão redução de pena em razão do estudo.

Ao todo 20 reeducandos já se tornaram universitários após conseguirem a aprovação no Enem por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e outros programas do Governo Federal.

Provas

As provas serão aplicadas de 12h às 17h, nas seis unidades prisionais do estado. Assim como no Enem regular, no primeiro dias serão aplicadas as avaliações de Ciências Humanas e suas Tecnologias, Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação.

No segundo dia, os participantes farão as provas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias.

Fonte: G1