Em meio a muitos times que ficaram para trás logo na primeira fase da Copa do Brasil, um deles é o tradicional Remo, que visitou o Serra-ES e perdeu por 1 a 0, no Estádio Robertão, na Grande Vitória, no Espírito Santo, pela primeira fase da competição.

O único gol da partida foi anotado por Rael, logo aos cinco minutos do segundo tempo. Com o resultado, o time capixaba avança à segunda fase e terá pela frente o Vasco da Gama, que sofreu, mas eliminou o Juazeirense, da Bahia, após empate por 2 a 2, no interior da Bahia.

O JOGO

O Remo entrou em campo abusando das jogadas aéreas e foi numa dessas jogadas que quase abriu o placar. Logo aos cinco minutos, Welton aproveitou escanteio e desviou de cabeça. A bola sobrou para Vacaria, que tentou de calcanhar, mas em posição irregular. A resposta do Serra veio aos nove minutos, quando Rael aproveitou sobra na entrada da área e finalizou em cima do zagueiro Mimica.

Aos 21 minutos, Gustavo Ramos invadiu a área e finalizou. A bola desviou na marcação e quase enganou o goleiro Walter, que se esticou todo e mandou para escanteio. Ainda no final do primeiro tempo o Serra respondeu com Emílio, que cobrou falta perigosa e quase acertou o ângulo do rival.

No segundo tempo o Serra voltou melhor e aproveitou para ficar à frente no placar. Aos cinco minutos, Rael subiu mais que a zaga adversária e desviou para as redes. Em desvantagem, o Remo precisou ir para cima e teve chance de igualar com Tiago Féliz, aos 14; e depois com Djalma, aos 15. Em ambos os lances faltou tranquilidade para marcar.

Na base do ‘abafa’, aos 41, Mário Sérgio cobrou falta e mandou por cima do gol. Um lance que traduziu o desespero e ao mesmo tempo a falta de qualidade do elenco paraense para avançar ainda numa primeira fase da Copa do Brasil.

Fonte: Futebol Interior