Um boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), divulgado nesta terça-feira (9), confirmou que cinco municípios do estado têm casos de sarampo em investigação. O boletim foi atualizado no último dia 28 de setembro.

Conforme os dados, dos mais de 50 casos notificados, 41 foram descartados e outros 14 seguem sob investigação. Dos casos investigados, oito são na capital Rio branco, dois em Capixaba, dois em Plácido de Castro, um em Acrelândia e um em Senador Guiomard. Não houve casos confirmados da doença nesse novo boletim.

Outros cinco casos de pessoas que moram em outras localidades também foram notificados pela Saúde do Acre. De acordo com o boletim, duas pessoas moram em Manaus, uma em Boca do Acre, uma em Porto Velho e outra em Vila Evo Morales, na Bolívia, país vizinho do Acre.

Campanha de vacinação

O estado do Acre antecipou a campanha de vacinação contra sarampo e poliomielite para o dia 30 de julho. Por conta da baixa procura, a campanha precisou ser prorrogada por duas vezes. Segundo dados da Saúde, até o último dia 5 de outubro, 62.078 crianças foram imunizadas contra sarampo e 61.991 contra poliomielite.

A população alvo para vacinação na campanha era de 63.573 crianças de 1ano a 4 anos, 11 meses e 29 dias, sendo que a meta era de vacinar até 95%. De acordo com os dados, de 30 de julho a 05 de outubro, a cobertura contra sarampo chegou a 97,65% e de pólio 97,51% em todo o estado.

O primeiro município a alcançar cobertura vacinal foi Santa Rosa do Purus, no dia 27 de agosto. Dos 22 municípios acreanos, apenas Sena Madureira e Capixaba não alcançaram a cobertura para pólio e três não alcançaram para sarampo, entre eles Sena Madureira, Capixaba e Acrelândia.

Fonte: G1