Teto remendado, com infiltrações e salas de aula cheias de goteiras são alguns dos problemas registrados na Escola Estadual Wilson Hill de Araujo, em Itaubal, a 110 quilômetros de Macapá. Funcionário reclamam da condição precária da unidade e pedem providências.

A Secretaria de Estado da Educação (Seed) informou que está avaliando a situação e ficou de se pronunciar.

Fotos enviada por uma funcionaria da escola mostram ainda problemas no forro dos corredores e parte do teto, em madeira, danificado. Além dessas imagens, a servidora conta que a quadra de esporte precisou ser interditada porque as colunas de sustentação estão com rachaduras e os profissionais temem que ocorra um desabamento.

A funcionária não quis se identificar, mas ela relatou que a situação piorou após um temporal ocorrido em novembro do ano passado, e que a forte chuva de terça-feira (19), complicou ainda mais.

“As aulas começaram segunda-feira [18] e, com as chuvas de ontem, os alunos assistiram aula com a chuva dentro das sala. Além disso a gente tem tomadas com fiação expostas por todo canto. A escola precisa de reparos há anos. A situação piorou em novembro, quando teve um grande temporal por aqui”, contou.

A funcionária diz que enquanto a quadra estiver interditada, as aulas de educação física serão ministradas em sala de aula, apenas de forma teórica.

“Os alunos estão sendo prejudicados com isso. Professores de educação física estão dando só aulas teóricas, em sala. O diretor até mandou por um cadeado na quadra para evitar qualquer acidente ”, lamentou.

Fonte: G1