O ministro de Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, chegou a Boa Vista na tarde desta segunda-feira (24) para acompanhar a entrega de 40 toneladas de leite em pó que serão destinados a imigrantes venezuelanos que vivem em abrigos da cidade.

Na ocasião, Beltrame afirmou que todo leite é doado pelo Governo Federal e foi produzido pela agricultura familiar no Rio Grande do Sul, ajudando no desenvolvimento daquele estado e contribuindo com uma demanda no Norte do país. Disse também que a produção local pode ser utilizada da mesma forma em caso de necessidade.

“Se necessário, o Ministério de Desenvolvimento Social poderá fazer aquisições, e tem feito isso através das Forças Armadas. Aquisições, inclusive, da agricultura familiar aqui de Roraima, fazendo com que o próprio processo de migração sirva de motor para a economia local”, explicou Beltrame.

O ministro ainda assegurou o sucesso do processo de interiorização de imigrantes para outras regiões do país. Desde abril, 16 voos foram realizados e 1.978 pessoas interiorizadas de Roraima para nove estados do Brasil.

“O Brasil dá um exemplo ao mundo de estar de braços abertos. Nós que somos um país formado por tantas etnias, tantos povos, uma mistura de tantas raças, de tantas culturas, recebemos os irmãos venezuelanos de braços abertos e isso é algo que o Brasil pode se orgulhar”, destacou.

Nesta terça-feira (25), o ministro deve acompanhar o voo que levará venezuelanos na 10ª fase do processo. Segundo a Casa Civil, a previsão é de que 90 imigrantes sejam levados para Curitiba e 140 para o Rio Grande do Sul, sendo distribuídos em Porto Alegre, Canoas, Esteio e Cachoeirinha.

Fonte: G1